A delicadeza da literatura no ambiente escolar

por Carol Mennocchi - Coordenação Bibliotecas Escola Viva

Literatura é um direito humano! Foi com um retumbante e sonoro ponto de exclamação que o mestre Antonio Candido nos presenteou com essa importante afirmativa. 

A imagem mostra uma exposição de livros em um cordão. Um menino, à frente, tenta alcançar um dos livros.Exposição de livros - Semana Literária

Literatura como direito de todos

Candido, sociólogo, crítico literário e professor, nosso grande pensador da literatura, acreditava na luta pelo acesso à literatura no contexto da luta pelos direitos humanos, por corresponder a uma necessidade universal que deve ser satisfeita sob pena de mutilar a personalidade, porque pelo fato de dar forma aos sentimentos e à visão do mundo, ela nos organiza, nos liberta do caos e, portanto nos humaniza”. 

Para Candido, “negar a fruição da literatura é mutilar a nossa humanidade”.

Literatura como direito de todos

A Escola Viva se afirma diariamente como um ambiente responsável por cultivar o indelével valor da literatura como direito de todos. As histórias estão presentes no dia a dia dos nossos alunos e alunas, desde a primeira infância até o Ensino Médio.

Para nós, formar leitores envolve mais do que oferecer um acervo de qualidade. 

Acreditamos em uma rede de condições que revela o entendimento de que a formação leitora extrapola a sala de aula e coloca-se como um valor institucional por todos os espaços, pelo olhar atento e preparado de todos os colaboradores, dos infinitos vínculos estabelecidos em torno dos livros, da proximidade das práticas de leitura com o contexto mundial e do acesso a um acervo de qualidade garantido a toda a comunidade.

Atestamos diariamente que todos os nossos estudantes e colaboradores possam compreender o que é ser um “leitor do mundo” reconhecendo na escola um potente cenário de influências e aprendizagens.

A imagem mostra um adulto exibindo um livro. A sua frente, algumas crianças.Leitura de Quintal - Grupo Azul

O Projeto Bibliotecas Viva prioriza a formação do leitor 

Com o objetivo de formar leitores críticos e preparados para compreender e exercer as habilidades e competências, contribuímos para que as bibliotecas se tornassem ambientes coletivos, aconchegantes e múltiplos, onde estudantes, colaboradores e famílias percebessem a literatura como arte, pesquisa e identidade.

Este novo olhar valoriza as rodas de conversas e debates, facilita o acesso aos livros de um acervo organizado e atualizado, com obras literárias diversificadas. 

A imagem mostra três crianças sentadas em puffs coloridos lendo.Biblioteca Fundamental

Literatura é hábito a ser cultivado

Sabemos que a leitura pode nos proporcionar prazeres insubstituíveis, mas ela não é um ato espontâneo e linear

O ato de ler não é natural. É fruto de conquistas, observações e aprendizagens, do esforço e da atenção de exigências de ordem física, cognitiva, afetiva, imaginativa, sensorial. 

Essa conquista é responsabilidade das escolas em parceria com as famílias e trata-se de uma atenta lapidação diária para garantir um efetivo comportamento leitor.

A imagem mostra um adulto lendo um livro, ao seu lado uma criança.Momento de leitura - Grupo Amarelo

A relevância de um evento literário na escola

Realizar um evento literário anual no nosso ambiente escolar garante o lugar da literatura no universo artístico, e não apenas a serviço da Língua Portuguesa. 

Acreditamos na formação de um leitor para além dos estereótipos da escolaridade, fundamentando nosso propósito de autoria e subjetividade. 

Diante dessa deliciosa inquietação, nossa Semana Literária Viva recebe múltiplos profissionais do vasto mercado literário - autores, ilustradores, contadores de histórias, editores, tradutores e roteiristas - para que possam comungar com toda nossa comunidade suas inspirações, trajetórias, entraves e suor durante o processo criativo. 

Todo o espaço se metamorfoseia, e então palavras gulosas, travessas e inquietas saem saltitando por murais, tetos e frestas. Os livros se escancaram e se oferecem despudoradamente, e até os passarinhos da Vila Olímpia afinam seu canto para o nosso sarau. 

A imagem mostra um adulto lendo um livro para uma plateia de crianças.Semana Literária Viva 2015

Nossa 8º edição da Semana Literária

Em 2021, a nossa 8º edição da Semana Literária Viva vai brindar o centenário de Paulo Freire.

O evento online será transmitido pelo nosso canal do Youtube - veja aqui a Programação 8º Semana Literária Escola Viva.

O grande mestre nos inquieta quando diz que “a leitura do mundo precede a leitura da palavra”. 

É inicialmente na observação do mundo, na troca de olhares, nos exemplos leitores, na materialidade do objeto livro, nas narrativas orais, nas experiências de infância e nas memórias ancestrais, que vamos nos lapidando delicadamente e construindo nosso “ser leitor”. 

Começamos a nos formar leitores potentes quando abandonamos nossa concretude para uma entrega de devaneios. 

Novamente bebericando de Candido:

“(...) assim como não é possível haver equilíbrio psíquico sem o sonho durante o sono, talvez não haja equilíbrio social sem a literatura. Deste modo, ela é um fator indispensável de humanização e, sendo assim, confirma o homem na sua humanidade, inclusive porque atua em grande parte no subconsciente e no inconsciente”. 

O professor nos alerta sobre a necessidade humana de fabulação para que seja possível caminhar por um sociedade mais justa, igualitária e sensível !  

A imagem mostra uma sala. Em duas paredes da sala, varais sustentam uma exposição de livros.Semana Literária Viva 2015

Somos formados das histórias que lemos e ouvimos

Ouvindo e lendo histórias, com variações de tema aqui e ali, nos percebemos todos parecidos naquilo que mistura realidade e fantasia. 

Conto uma história para que você se lembre da sua e assim podemos ter presente que a fantasia ocupa mais tempo da nossa vida do que aquilo que chamamos de realidade. 

Percebemos, pela literatura, que somos constituídos pelas nossas fantasias tanto quanto pelos fatos reais de nossa vida. Os devaneios falam de nós e moldam nossas escolhas concretas. 

Nossas histórias preferidas são decisivas para nos tornarmos o que somos, nossas leituras e reflexões compõem a trama da nossa existência e nos permitem amadurecer cravando raízes profundas.

A imagem mostra uma criança mostrando um livro para um grupo de crianças.Momento de leitura coletiva - Grupo Azul

Procure ser árvore

Nosso querido Manoel de Barros, poeta brasileiro do século XX, declama:

“Poesia não é para compreender, mas para incorporar. 

Entender é parede: procure ser árvore.”

A Semana Literária anual da Escola Viva transforma o nosso espaço educativo em floresta. 

Alunos e educadores enroscando em seus próprios dedos o fio narrativo de suas vidas e bordando com palavras o encanto da literatura! 

Famílias em comunhão de saberes, professores cúmplices e jardineiros, colaboradores semeando letramentos. 

Acolher a fantasia no cotidiano nos torna pessoas menos enrijecidas e, em tempos de mundo fluido, vale a pena adentrar pela floresta. 

A questão não é que podemos crescer e seguir sonhando, e sim que só podemos crescer se seguirmos sonhando, e a literatura garante poeticamente essa condição.

Procure ser árvore!”           

A imagem mostra uma criança em frente a duas estantes de livros. Acima da estante, cartazes coloridos.Sala de Leitura 


Baixe o ebook:  Educação integral e ensino de qualidade

Siga as redes sociais da Escola Viva -  Instagram, Facebook e Linkedin

Leia mais no blog da Escola Viva

 


Educação Infantil
Amarelinho e Laranja (1 a 3 anos)

Rua Professor Vahia de Abreu, 336
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-002

Ensino Fundamental
3º ao 7º ano

Rua Professor Vahia de Abreu, 488
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-002

Fale conosco

escolaviva@escolaviva.com.br

(11) 3040-2250

UMA ESCOLA DO GRUPO


Política de privacidade

Educação Infantil
Azul e Vermelho (4 e 5 anos)
Ensino Fundamental – 1º(Verde) e 2 ano (3 a 8 anos)

Rua Professor Vahia de Abreu, 664
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-003

Ensino Fundametal
8° e 9° ano

Rua Casa do Ator, 836
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04546-002


Ensino Médio
1ª a 3ª série

Rua Casa do Ator, 836
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04546-002

ACOMPANHE NOSSAS
REDES SOCIAIS: