Instituto Fandoca: semeando educação de qualidade

 

por Fred Affonso Ferreira - Instituto Fandoca *

O Instituto Fandoca é uma associação sem fins lucrativos que nasceu no final de 2022 com o objetivo de  promover o que chamamos de “educação de qualidade” para crianças e jovens.

O nome, Fandoca, é uma homenagem ao fundador da Bahema, Afranio Affonso Ferreira, um entusiasta da educação.

A missão do Fandoca é apoiar as bolsas de estudo para centenas de crianças e jovens nas escolas da Bahema Educação. Além de ajudar a sustentar uma rede de apoio para as bolsas de estudo atuais, nosso objetivo também é ampliar os programas de bolsas sociais já existentes, incluindo o da Escola Viva.

Ampliar o Impacto Social e a Diversidade

Um dos maiores potenciais de contribuição das escolas é o impacto positivo que elas podem gerar nas sociedades em que estão inseridas. Reconhecemos que as escolas do grupo estão comprometidas em proporcionar uma educação transformadora e, embora alcancem progressos significativos, percebemos que ainda há espaço para um impacto ainda maior.

Acreditamos que, ao fortalecer a conexão entre a escola e a comunidade local, poderemos expandir nosso alcance e promover uma mudança positiva na realidade de mais pessoas. Valorizamos a diversidade e reconhecemos que ela é fundamental para um ambiente educacional enriquecedor.

Não basta incluir, tem que dar condição de permanência!

Com o Fandoca, queremos que os estudantes tenham, além da mensalidade 100% gratuita, uma rede de apoio que garanta todas as despesas extras: alimentação, uniforme, material, viagens e saídas pedagógicas, apoio pedagógico e psicológico e outras despesas. Só a bolsa é pouco, temos que promover condições materiais e apoio para os estudantes com bolsas permanecerem com acesso a uma educação transformadora, uma educação de qualidade.

Mão na massa 

Nas primeiras ações do Fandoca em 2023, em um trabalho conjunto com as famílias, as equipes das escolas e da Bahema, Chicão** e eu ajudamos a viabilizar algumas viagens de estudantes bolsistas do Rio e de São Paulo.

Mobilizamos as comunidades com campanhas de sensibilização, conhecidas como "Vaquinhas", e arrecadamos recursos que possibilitaram as viagens de dezenas de estudantes.

Quem tem bolsas de estudos nas escolas da Bahema?

A maioria dos estudantes com bolsas nas 12 instituições educacionais do grupo é composta de filhas e filhos de funcionárias e funcionários  da área pedagógica ou de outras áreas das escolas.

A Bahema tem como política oferecer bolsas a todas as filhas e a todos os filhos de funcionários(as), independentemente de acordos coletivos que determinem essa prática. Atualmente, são aproximadamente 900 estudantes nessas condições. E há muitos(as) filhos(as) de funcionários(as) que não usufruem das bolsas, por vários motivos, desde falta de recursos para bancar as despesas extras até a sensação de não pertencer àquele ambiente escolar.

Bolsas Sociais

Outros estudantes com bolsas são oriundos de programas de bolsas sociais  oferecidos em 4 escolas da Bahema:

  • Na Escola Viva, em São Paulo, parcerias com a escola pública Amorim Lima e com o Instituto Acaia possibilitam que jovens cursem o Ensino Médio.
  • O Projeto Ampliar, na Escola da Vila, também em São Paulo, foi lançado em 2018 e oferece bolsas no Ensino Médio para estudantes de baixa renda, vindos da rede pública municipal e também da parceria com o Instituto Acaia.
  • Na Escola Parque, no Rio de Janeiro, existe um programa em que a escola oferece bolsas no Ensino Médio para estudantes da rede pública e das comunidades no entorno.
  • Na Escola Mais, também em São Paulo, um projeto lançado em 2019 oferece bolsas sociais para estudantes.

Estrutura e Integração

Apesar de boas iniciativas, com ótimas intenções, esses projetos sofrem desafios parecidos por estarem isolados. Há dificuldade para incentivar doações, principalmente de forma constante e sustentável. Além disso, como já dito, também há desafios na integração dos estudantes na escola: é preciso entender e encarar os obstáculos destas crianças e jovens.

Por isso a Bahema criou o Fandoca – Bahema Educação. Queremos apoiar os estudantes bolsistas que já estudam nas escolas e ampliar os programas de bolsas sociais já existentes.

A partir deste ano, o Instituto se estrutura para organizar, integrar e arrecadar recursos para dar suporte aos estudantes que já estão nos programas de bolsas sociais mencionados e também nos programas de filhos de funcionários. Assim, o Instituto pretende apoiar essas famílias para que seus filhos e filhas possam ser, de fato, alunos e alunas das escolas Bahema.

Diversidade e Inclusão - Agenda Antirracista

Sabemos que só isso não resolve os desafios de impacto e diversidade que existem nas escolas e nas suas comunidades.

O Núcleo de Diversidade e Inclusão da Bahema Educação, composto por Bianca Laurino e Fabio Conceição, lidera atividades de letramento racial nas escolas e na empresa para aumentar a consciência sobre o problema do racismo e favorecer uma agenda antirracista dentro dos projetos pedagógicos e sociais de cada escola.

O Centro de Formação da Vila, sob a coordenação de Cléa Maria da Silva Ferreira, oferece formação continuada ao time pedagógico e também é peça fundamental na implantação e execução de uma agenda de diversidade efetiva nas escolas do grupo.

Sustentabilidade

Para dar certo, o Fandoca precisa captar recursos financeiros, o que pode acontecer na forma de doações livres, discricionárias ou para constituir o fundo patrimonial.

A constituição do Instituto foi um processo cuidadoso, feito para garantir transparência e para que os recursos sejam destinados exclusivamente aos projetos descritos. O objetivo é que o Instituto ganhe cada vez mais autonomia à medida que cresça, e que seus apoiadores possam se tornar associados que ajudem na sua governança.

Como doar?

Se você também acredita que podemos fazer a nossa parte para a construção de uma sociedade mais igualitária e justa, e que a educação de qualidade é condição para tal, contribua e ajude a difundir essa ideia.

Você pode fazer três tipos de doação:

Livre: pode ser utilizada para a Administração do Instituto ou qualquer uma de suas atividades fins.

Direcionada: usada para custear suporte aos estudantes com bolsas de uma escola ou a um(a) aluna(o) específica(o).

Endowment: só pode ser utilizado para ampliar o fundo patrimonial e somente os rendimentos desse montante podem ser usados na administração do Instituto.  

Para colaborar:

  1. Faça um PIX ou depósito bancário na conta abaixo;
  2. Indique o TIPO DE DOAÇÃO (Livre, Direcionada ou Endowment);
  3. Envie comprovante com seu NOME e CPF para o e-mail doacao@institutofandoca.com.br. 

Dados para doação - Instituto Fandoca Bahema Educação

Banco Itaú

Agência 6643

Conta Corrente 14252-1

CNPJ 55.149.587/0001-97

Ou chave PIX - E-MAIL doacao@institutofandoca.com.br

Bora participar? Juntos somos mais fortes!  

Obrigado


* Frederico Marques Affonso Ferreira, vulgo Fred, é jornalista de formação, acionista e fundador da Bahema Educação.

**Chicão é o apelido carinhoso de Francisco Eduardo Bodião, professor paulistano da Zona Leste, que tem vasta experiência com trabalho social e que, durante mais de 23 anos, dedicou-se à Escola da Vila.

A partir de 2023, Chicão e eu nos dedicamos a fazer o Fandoca decolar e virar uma realidade para centenas de estudantes

Sobre a Bahema Educação

Nascida em 2016, oriunda de um grupo com mais de 70 anos de história, a Bahema Educação é uma empresa de ensino básico que viabiliza a construção de um grupo brasileiro de escolas que são referência de qualidade pedagógica.

Com pensamento alinhado ao projeto pedagógico dessas escolas - de formação de pessoas críticas e autônomas - a Bahema Educação acredita que tem muito a contribuir para a revolução pela qual a educação no Brasil e no mundo está passando.

Consideramos que serão cada vez mais relevantes as instituições comprometidas com a formação de alunos e alunas com pensamento crítico e recursos para atuar no mundo de modo responsável e consciente.

Sua atestada competência em tornar a gestão administrativa mais eficiente e sua capacidade para testar e medir fazem da Bahema o sócio ideal para que as escolas atualizem seu ambiente educacional a partir de seu DNA e perenizem seus projetos pedagógicos.

A Bahema foi fundada por Afranio Affonso Ferreira em 1953, em Salvador na Bahia, , como uma empresa de comercialização de implementos agrícolas.

Atualmente o grupo é composto por 12 escolas (veja relação abaixo), o cursinho Intergraus e o Centro de Formação da Vila.


    1. Escola Viva (São Paulo-SP)
    2. Escola da Vila (São Paulo-SP)
    3. Escola Mais (São Paulo-SP)
    4. Colégio BIS (São Paulo-SP)
    5. Escola Parque (Rio de Janeiro - RJ)
    6. Fórum Cultural (Niterói- RJ)
    7. Centro Educacional Viva (Rio de Janeiro-RJ)
    8. Balão Vermelho (Belo Horizonte - MG)
    9. Colégio Apoio (Recife - PE)
    10. Escola Autonomia (Florianópolis- SC)
    11. Dual International School - (Florianópolis- SC)
    12. Dual International School - (Blumenau-SC)


Educação Infantil
Amarelinho, Amarelo e Laranja
(1 a 4 anos)

Rua Professor Vahia de Abreu, 336
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-002

Educação Infantil
Azul e Vermelho (4 a 6 anos)
Ensino Fundamental
1º ao 3º ano (6 a 9 anos)

Rua Professor Vahia de Abreu, 664
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-003

Ensino Fundamental
(4º ao 9º ano)
Ensino Médio
(1ª a 3ª série)

Rua Professor Vahia de Abreu, 488
Vila Olímpia, São Paulo, CEP: 04549-002

UMA ESCOLA DO GRUPO

 
Política de privacidade

Fale conosco

escolaviva@escolaviva.com.br

(11) 3040-2250

ACOMPANHE NOSSAS
REDES SOCIAIS: