No Ensino Médio, consolida-se o protagonismo do aluno em seu processo de aprendizagem e a sua inserção no contexto público, a partir do estudo, da aprendizagem mútua e da intervenção em situações de vida prática, evidenciada nas experiências de Estudo de Meio. 

 
 
Nas ações da Escola, existe intencionalidade pedagógica e o conhecimento se revela a partir do currículo. Os eixos temáticos, os diferentes formatos de aula e subgrupos nos quais se pautam as diversas disciplinas confirmam a concepção de que o conhecimento se constitui nas relações, através da linguagem e das representações e, por isso, é dinâmico, mutante e não tem uma única versão – envolve questões de contexto, de interesse, de poder. Envolve reflexão, elaboração, registro, revisão.
O conhecimento faz parte da formação do sujeito e é constantemente ressignificado. 
 
Coletivamente, ele se constitui da herança cultural de uma sociedade, redefinindo a sua identidade sociocultural.